segunda-feira, 21 de setembro de 2009

Poliamorismo

Você acha que uma pessoa é capaz de amar mais de uma pessoa ao mesmo tempo? Eu sinceramente acho que sim, somos capazes de amar pai, mãe, irmãos, amigos tudo isso de maneira simultânea. Mas e no caso de relacionamentos? É possível amar e se relacionar com mais de uma pessoa ao mesmo tempo?

O poliamorismo, essa nova filosofia de amar que diz que somos capazes de nos envolver afetivamente e sexualmente, sem ciúmes e nem cobranças de exclusividades. Isso pode soar estranho para nós monogâmicos que fomos criados para nos relacionar e amar somente com uma pessoa. Tenho um amigo que afirma que amamos apenas uma pessoa nesta vida, e jura que aos 30 anos de idade ainda não conseguiu dizer: “Eu te amo”.

Poliamor (Polyamory) vem da junção de poly (do grego, que significa muitos) e amor (do latim). O poliamorista é bem diferente do poligamista.

“O amor é paciente, o amor é bondoso. Não tem inveja. O amor não é orgulhoso. Não é arrogante. Nem escandaloso. Não busca os seus próprios interesses, não se irrita, não guarda rancor. Não se alegra com a injustiça, mas se rejubila com a verdade. Tudo desculpa, tudo crê, tudo espera, tudo suporta. O amor jamais acabará. (I Coríntios 13) ” O amor é um recurso infinito, ninguém duvida que se pode amar mais de um filho, isso também se aplica aos amigos, quando se conhece um novo amigo, não é preciso descartar um anterior. Excluindo o relacionamento afetivo sexual, sou capaz de dizer que somos poliamoristas. O que você acha a respeito? Comente.

14 comentários:

Rosi disse...

Puxa, realmente não faço parte desse time. Sou extremamente focada em questões de amor, amo a mesma pessoa, só a vejo na minha frente e só à ela me dedico.
Não acredito nessa teoria, definitivamente.
bjs, flor

Dalva M. Ferreira disse...

É que Narciso acha feio o que não é espelho... Para mim ainda é uma coisa muito nova. Mas em tese dá para entender. Seria bem bom, desmistificar esse negócio todo.

Valeria disse...

Boa Tarde amigos....acho que essa teoria de amor duas ou mais pessoa ao mesmo tempo não existe. Podemos sim, amor uma e gostar de outra, atraves da atrações que sentimos. beijj Valéria Recife.

keity disse...

Na verdade, acho possível sim existir uma relação Poliamorista, hoje em dia há de tudo...
Agora não creio que alguém possa amar duas pessoas, você pode amar uma e ter atrações por outra.
Curioso esse assunto, sei que eu não conseguiria viver tal pratica.

Assistam esse vídeo sobre o mesmo assunto é bem interessante:
http://video.br.msn.com/watch/video/sexo-estranho-dois-namorados-e-um-bebe/rua5kk2h

Ravick disse...

Percebo essa "nova filosofia" desde a infância. Embora não pratique, rs.

Ágata Matos disse...

Bom eu acho interessante e ate louvavel quem consegue ter chegado a esse lugar,eu sou uma pessoa que quando apaixono, amo nao consigo ver outra pessoa que me desperte interesse semelhante,mas é algo a se pensar, é uma especie de evolução...

Point dos quadrinhos disse...

acho q é possível amar mais de uma pessoa. o difícil é não ter ciúmes e deixar essa mesma possa amar outra. não acho q é fácil ter um relacionamento desses sem ciúmes.

Point dos quadrinhos disse...

acho q é possível sim ter um relacionamento desses o difícil é não ter ciúmes e deixar q o outro faça o mesmo...

Point dos quadrinhos disse...

acho q é possível sim ter um relacionamento desses o difícil é não ter ciúmes e deixar q o outro faça o mesmo...

Vanessa disse...

Não sou adepta a essa filosofia, pois sou tenho ciúmes... acredito sim em fidelidade, mas que está cada vez mais difícil pela época em que vivemos.
Também não critico quem adere ao poliamorismo e até acredito na teoria, acho que a pessoa tem que ter uma auto confiancça extrema!!

quality17943 disse...

"Cornear" mudou de nome "Poliamorismo" . Isso já existe faz tempooo !!!!

cris disse...

Esse tipo de relacionamento é perfeito!

Wildney carmo leite disse...

Gente, não se trata de traição. Se trata de entender que a monogamia não é natural. Ela foi implantada em nossas vidas culturalmente em um determinado tempo histórico.

Procurem entender a filosofia da coisa antes de dizer que é uma desculpa pra trair.

Este blog trata muito bem e bem profundamente a teoria da coisa.
http://papodehomem.com.br/a-monogamia-e-uma-prisao/

aconselho que, quem se interessar em se aprofundar mais no assunto, que dê uma olhada.

Não é uma coisa fácil de aceitar, visto que somos acostumados a amar uma pessoa só e pra sempre a vida toda. Mas quem aqui já amou pra sempre? O poliamor não é amar alguém hoje, outro alguém amanha. É amar como você se ama, permitindo que a pessoa vá embora e até que se relacione com outras pessoas se for pra ela ser feliz.

Paul Feder disse...

As mulheres tem maior dificuldade para aceitar o poliamorismo, pois desde pequenas são educadas para encontrar o principe encantado! só que geralmente descobre tarde demais que ele nunca existiu. O poliamorismo é uma prática que adota relações sem a busca da complementação através do outro parceiro, sem a ilusão da alma gemea, isso pode ser encontrado em dois ou as vezes tres parceiros cada qual complementando uma parte da pessoa em algum aspecto!O principal entrave é sempre o ciume, mas, o ciume sempre existirá. O segredo é saber controlar o ciume e deixar o outro livre e ser também livre!! Quem ama não prende, liberta!!!