sábado, 10 de julho de 2010

Que mundo é esse?

Gente, não posso deixar de comentar aqui sobre o tal caso do goleiro Bruno do Flamengo. Alguém mais lembra que o Brasil saiu da copa eliminado pela Holanda? Nada, o caso foco agora é o tal goleiro.

Fico me perguntando de quem é a culpa? O que levou o assassino a praticar tal crueldade com essa menina? Quais motivos ele teria para fazer isso? E ela, se já tinha sido espancada por ele, ameaçada de morte, porque insistiu em ficar no pé dele? Por causa do filho? E agora esta criança? Como ela deve crescer sabendo que o pai matou a mãe e por muito pouco também a matou?

São crimes como esse que nos deixam chocados, e nos fazem pensar em que mundo vivemos? Em um mundo que a cada dia se destrói, que crimes bárbaros como este acontecem. E só de pensar que é neste mundo que viverão nossos filhos isso já me deixa preocupada.

Mas com isso, há uma grande lição a ser tirada. A família é a base de tudo, é possível perceber que nem ela, nem ele, e nem os envolvidos tiveram base familiar e sinceramente acho que este foi um dos grandes pilares para que as coisas desandassem.

Não quero dizer na presença física do pai ou da mãe, mas sim, estou falando de amor, carinho, atenção, acompanhamento, tudo isso certamente faltou na vida dessas pessoas, provocando distúrbios emocionais, psíquicos e espirituais. E com certeza com toda essa “bagunça” sentimental, não foi possível criar-se uma base sólida para sobrevivência e sustentação da vida.

Beijo no coração.

Érikinha

Um comentário:

Row51 disse...

concordo plenamente.